Prólogo.Recovery


Faith P.O.V
Estava no corredor com meu material em mãos, até um idiota passar correndo trombando em mim  e derrubar  meu material
-Nossa amigo isso daqui não é maratona não-disse gritando para o idiota que trombou em mim me agachei para pegar até ver que tinha um cara me ajudando , ele tinha olhos cor de mel e um topete loiro escuro, assim que pegamos minhas coisas do chão o olhei –Obrigada é..
-Bieber, Justin Bieber, não tem de que e você?-disse sorrindo e que sorriso
- Faith Parker, agora tenho que ir para minha sala-sorri torto
-Qual é o numero dela?-ele me perguntou um tanto quanto curioso
-É a 14
-Parece que fazemos direito juntos-rimos-vamos la então
Sabe faculdade não há nada de diferente de colégio tem os mesmo grupinhos fúteis  as mesmas vacas de lideres de torcidas,os cornos dos jogadores de basquete e futebol americano, os fodões, as piri-guetes, os reservados e pessoas normais tipo eu  e pelo que percebi  Justin também, sabe na faculdade também é seis horas de aula igual ao colégio –pelo menos na minha faculdade é assim-e sempre tem o mesmo pé no saco de professor.
Entrei na sala e pude ver que o professor não era tão asqueroso quanto eu pensava na verdade ele não era nem um pouco ele era um muso nada comparado a Justin pois Justin dá de dez a zero nele mas ele tinha pinta de ter uns vinte e cinco anos, cada um sentou em seu devido lugar Justin sentou-se atrás de mim e ficamos prestando atenção até os primeiros quinze minutos depois já estava tão longe do mundo real que nem vi que o horário do almoço havia tocado-na verdade do café da manha-
-Faith tocou o horário –disse alguem me cutucando logo que voltei a realidade pude ver Justin me cutucando e o professor muso nos olhando
-A sim vamos-disse indo em direção a porta percebi olhares do professor até eu sair completamente da sala
-Quem ele pensa que é para ficar te olhando assim-disse Justin exaltado me fazendo rir
Olhar não arranca pedaço-disse rindo
-Mas previne olho roxo-disse isso e eu gargalhei-sabe nunca me senti tão amigo em pouco tempo de uma pessoa assim-disse me olhando 
-Também não fico feliz que você seja essa pessoa-disse me sentando em baixo de uma arvore do jardim logo Justin também sentou-se ao meu lado
-Olha parece que arranjou um amigo gostoso Faith-disse Rebecah o olhando e mordendo os lábios e logo eu e Justin direcionamos o olhar a puta na nossa frente logo Justin me olhou com cara de nojo me fazendo soltar uma leve risada
-Sinceramente, se meu amigo gostasse de putas ele iria em um puteiro então por favor de meia volta e some da minha vida-disse séria
-Queridinha você não é nada dele por acaso-disse ela com voz de puta
-Como tem tanta certeza?-agora foi a vez de Justin se pronunciar logo após dito isso me beijou, seu beijo era bom e viciante nunca havia  experimentando um beijo tão bom quanto esse, nós percebemos que ele tinha ido embora e nos separamos-Obrigada-ele disse sorrindo
-Não há de que-logo eu e ele vimos nosso professor Sr. Scott nos olhando da janela de sua sala que no caso dava para ver o jardim aonde nos encontrávamos ele logo viu que nós estávamos olhando e saiu de sua janela-que cara mais estranho-disse olhando para Justin
-Ele até parece um psicopata-rimos 

Logo o horário tocou de novo e retornamos para a sala e nos sentamos nos mesmos lugares de antes e depois de quinze minutos eu e Justin começamos a voltar para outro mundo ele ficou fazendo tranças no meu cabelo e eu rabiscando no meu caderno e mexendo no celular, hora de ir embora finalmente.

-Hey quer uma carona?-Justin disse
-Claro porque não-estávamos indo para o estacionamento até o Sr. Scott trombar em Justin-Ei cara que falta de educação-ele me olhou e eu puxei Justin pela sua mão e trombei no Sr. Scott-qual é o seu carro?-perguntei já que estava o puxando precisava saber aonde tinha que ir
-Vem cá que eu te mostro-agora foi a vez dele me puxar me levando na frente de uma Ferrari branca super linda
-Cara sempre quis ter uma dessas-disse de boca aberta
Justin abriu a porta de seu carro para mim e depois deu a volta no carro entrando no mesmo, dei o endereço a ele e logo chegamos em minha casa
-Obrigada e até amanha-disse sorrindo e dando um abraço e um beijo no rosto de Justin
-De nada e eu não acredito-disse olhando em um olhar fixo e logo eu olhei era o Sr. Scott ele morava na casa em frente a minha
-Só podem estar de brincadeira comigo essa cara me persegue só pode
-Bom vou indo qualquer coisa me liga
-Tudo bem beijos
Sai de seu carro e entrei em minha casa.

1 beliebers aqui.:

Hey cats ;3
Não soube ler ? , Pois bem , saiba comentar também , se leu até aqui não custa nada deixar um coment (:
Só comente se quiser saber o final desta história

Comentários anônimos , botem o user do twitter no final !

 
Layout feito por Adália Sá | Não retire os créditos